Projeto, que completou um ano, é uma das realizações das duas décadas de existência da Associação.

Iniciada em abril do ano passado, logo após o começo da pandemia, a Ação Solidária da Associação dos Juízes Federais do Rio Grande do Sul – AJUFERGS já beneficiou centenas de pessoas em situação de vulnerabilidade social. Ao todo, a iniciativa distribuiu 16.060 refeições em diversos pontos de Porto Alegre. Idealizado e estruturado pelos próprios associados, o projeto completou um ano de atividade e é considerado hoje uma das grandes realizações da Associação, que estará de aniversário em dezembro, quando completará 20 anos de existência.

Tudo começou durante uma conversa entre as juízas federais Carla Evelise Justino Hendges, então diretora social da AJUFERGS, Rafaela Santos Martins da Rosa, presidente da Associação à época, e Daniela Tocchetto Cavalheiro, atual vice-presidente de patrimônio e finanças da entidade. “Os associados se encontravam sensibilizados pelo agravamento da situação de vulnerabilidade social de parcela da população, em virtude da pandemia. Após deliberação das iniciativas a serem desenvolvidas, a opção foi por recolher contribuições dos associados e preparar refeições para a população em situação de rua, em vulnerabilidade social, no centro de Porto Alegre”, explicou Carla.

As marmitas começaram a ser preparadas nas cozinhas das casas dos próprios magistrados: as chamadas cozinhas parceiras. Desde então, foram arrecadados R$ 54.887,58 entre doações de juízes, servidores e pessoas de fora do ambiente da Justiça Federal. Desse montante, o projeto utilizou R$ 53.649,13. A prestação de contas pode ser acompanhada no blog da AJUFERGS https://www.ajufergs.org.br/blog/category/acao-solidaria-ajufergs/ .

O Começo: Viaduto da Conceição e Praça da Matriz viraram pontos de solidariedade

Lugares conhecidos da Capital por concentrarem grande número de pessoas em situação de rua, a Praça da Matriz e o Viaduto da Conceição, ambos no Centro Histórico, foram os primeiros pontos a receber as doações da Ação Solidária. Ao chegar nos locais, as filas rapidamente se formavam com dezenas de pessoas à espera de ajuda.

*Os voluntários não demoravam muito para partilhar marmitas, cobertores, roupas, sapatos, livros, entre outros. Pessoas vindas de outros bairros também aproveitavam para saciar a fome neste momento de dificuldades. De abril a dezembro de 2020, a equipe fez 38 ações de marmitas, 5 ações de sopa, mais uma ação só para distribuição de cobertores, além de outra só para distribuição de panetones.

Novos Passos: AJUFERGS nos bairros e no Terceiro Setor

A partir de dezembro, a Ação Solidária foi reformulada, a fim de atingir um número maior de pessoas. Os voluntários passaram a concentrar o funcionamento das cozinhas parceiras na produção de lanches e a distribuição em vilas e entidades sem fins lucrativos. Até meados de julho, foram 20 ações, que entregaram mais de 8.750 lanches.

No rol de lugares contemplados, estão locais com alto índice de pobreza e instituições dos mais diversos públicos, em especial as que prestam atendimento a crianças. Confira o nome de cada uma delas:

Vila Timbaúva
Quilombo Santa Luzia
Abrigo João Paulo II
Abrigo Calábria
OSICOM
Ocupação de Mulheres Mirabal
Instituto Cultural São Francisco de Assis
Assentamento 20 de novembro
Bom Jesus
Biblioteca Comunitária da Vila das Laranjeiras
Vila Teodora/Creche Mundo Colorido
Aldeia Indígena do Lami
Centro Social Antônio Gianelli –  Unidade loteamento Cavalhada
Centro Social Antônio Gianelli –  Unidade da Vila Restinga
Zumbi dos Palmares
Centro Social Gianelli – Unidade CRAS da Glória,
Centro Infanto Juvenil Monteiro Lobato, no bairro Restinga
Centro Comunitário da Vila Cruzeiro
Casa de Apoio Madre Ana

­­Um dos locais beneficiados foi a Casa de Apoio Madre Ana.

A equipe levou para as crianças que fazem tratamento médico, e os familiares que as acompanham, alimentos, cobertores, kits de higiene e de limpeza, toalhas de banho, material escolar e livros infantis. A entrega aconteceu no início deste mês e marcou a 54ª semana da iniciativa.

Elas foram recepcionadas pela coordenadora do local Vanessa Siviero e pela assistente social Giane Roesch. As funcionárias apresentaram as acomodações e detalharam os serviços prestados pela entidade. Ao final do encontro, em um momento comovente, as juízas Carla e Marina conheceram as crianças e seus acompanhantes. Eles falaram um pouco de suas histórias e os motivos pelos quais estão fazendo tratamento médico. “Essa é uma forma de nós, juízas e juízes federais, fazermos a diferença em um momento tão difícil para toda a sociedade”, disse Carla após ouvir os depoimentos comoventes.

Toda ajuda é bem-vinda

Quem tiver interesse em apoiar a iniciativa, pode fazer uma doação de qualquer valor para a aquisição dos alimentos. O comprovante de depósito pode ser enviado para o WhatsApp (51) 99965-1644. As distribuições estão acontecendo todas as quintas-feiras.

Agência: Sicredi
Agência: 0116
Conta: 51728-7
CNPJ AJUFERGS: 07.561.031.0001-60
Chave PIX: acaosolidaria@ajufergs.org.br

Confirma o material exclusivo do projeto: https://issuu.com/esmafers/docs/folder_08c4dd38394f04

EDITORIA
Projeto: AJUFERGS
Tiragem: 08/2021
Coordenação: Ricardo Soriano Fay, Diretor Social e de Esportes da AJUFERGS (biênio 2020/2022).
Carla Evelise Justino Hendges, Diretora Social e de Benefícios da AJUFERGS (biênio 2018/2020).
Matéria e fotos: Gilberto Gil
Arte Gráfica: Jaqueline Marques

01

Os textos publicados não refletem necessariamente a opinião da AJUFERGS. O blog é um meio de convergência de ideias e está aberto para receber as mais diversas vertentes. As opiniões contidas neste blog são de exclusiva responsabilidade de seus autores.